Preparar o carro para circuito misto



  • alguem poderia me ajudar com algum tutorial do que precisa ser feito? quais os pontos do carro que seria interessante travar para evitar torção? todas as colunasó porta malasó dianteira? assoalho?

    eu estava pensando em fazer mas não imagino que seja interessante sair travando o carro inteiro.

    obrigado

    :cry:



  • teu golf é iii ou ivó



  • mk3



  • tudo vai depender do que você deseja. se é para dobrar mesmo, logo de cara os amortecedores esportivos vendidos por aí não servem. nem as molas. não contando com o vicente, que tá fazendo kits com partes novas, não sei quem mais faça a mesma coisa. com certeza existem outras pessoas, mas simplesmente não conheão elas. acho que o mais barato que você vai encontrar por aí é o kit pro damper, com molas e amortecedores eibach. já é muito bom.

    no quesito amarração, você só precisa de barras anti-aproximação superiores dianteira e traseira. teu carro já é bem durinho. umas barras estabilizadoras mais grossas também ajudariam, mas aí vc teria de importar.

    você vai precisar aumentar a cambagem dianteira. não sei até onde a regulagem do teu carro vai, mas eu tentaria chegar nos -2?. se não der, que fique na cambagem o mais negativa possível. é uma regulagem para pista, que rende melhores resultados e poupa os pneus. na rua, o efeito pode ser o oposto, dependendo de como vc dirige.

    só as barras e a cambagem já vão render bons resultados. boa sorte



  • se for pra andar só em circuito, o que normalmente se faz em carro de rua não vai adiantar praticamente nada. pra pista o melhor é travar o monobloco o máximo possível, para que o trabalho de moldar o carro é pista seja feito somente pela suspensão, que é ajustável. pra fazer o travamento efetivo o primeiro passo é um santo-antonio de no mínimo 6 pontos ( de acordo com o anexo j da fia) ligado ?s torres dianteiras e traseiras. além disso é útil soldar o santo-antonio ao monobloco nos pontos onde eles ficam bem próximos (como no arco das portas). se for pra apelar de vez, leve a estrutura de tubos do santo ant?nio até os pontos onde as balanças/eixo são presas ao monobloco, desse jeito o carro fica praticamente com uma estrutura tubular, como eram nos omega stock car. além disso ainda tem as buchas, amortecedores, molas, alinhamento de converg?ncia, cambagem, calibragem, batentes, coxins de motor… se for pra competir, ainda tem que ver qual a melhor posição pro tanque de combustável, pro lastro, montar o banco o mais baixo possível no carro... dependendo do circuito e do carro, dá pra usar até uns 7? de cambagem negativa, mas aí pra competir sório, porque vai embora 2 pares de pneus por corrida... qualquer coisa pergunta aí



  • exemplos:

    ferrari 550gt

    clique sobre imagem para ampli?-la

    clique sobre imagem para ampli?-la

    corsa preparado para corridas de endurance(reparem nas torres):

    clique sobre imagem para ampli?-la



  • acho que o pix não quer algo tão hardcore .



  • e, considerando nossos agentes executivos da lei, vulgo policiais, é bem capaz que cismem com um carro tão modificado por dentro.



  • ele não falou que quer preparar o carro pra circuito misto? circuito misto é autódromo…



  • aproveitando o titulo se a gente quisesse colocar o próprio carro na pista para apenas um dia de corrida tipo track day .

    que ajustes/manutenções prévias supostamente deveriamos fazer?



  • aproveitando o titulo se a gente quisesse colocar o próprio carro na pista para apenas um dia de corrida tipo track day .

    que ajustes/manutenções prévias supostamente deveriamos fazer?

    [snapback]245730[/snapback]

    tudo de freios e suspensão. averiguar pastilhas, discos, fluido, coxins, tudo. e instalar umas barras de amarração, para reforçar o monobloco.



  • não esque?a de muita pressão nos pneus…



  • se for pra andar só em circuito, o que normalmente se faz em carro de rua não vai adiantar praticamente nada. pra pista o melhor é travar o monobloco o máximo possível, para que o trabalho de moldar o carro é pista seja feito somente pela suspensão, que é ajustável. pra fazer o travamento efetivo o primeiro passo é um santo-antonio de no mínimo 6 pontos ( de acordo com o anexo j da fia) ligado ?s torres dianteiras e traseiras. além disso é útil soldar o santo-antonio ao monobloco nos pontos onde eles ficam bem próximos (como no arco das portas). se for pra apelar de vez, leve a estrutura de tubos do santo ant?nio até os pontos onde as balanças/eixo são presas ao monobloco, desse jeito o carro fica praticamente com uma estrutura tubular, como eram nos omega stock car. além disso ainda tem as buchas, amortecedores, molas, alinhamento de converg?ncia, cambagem, calibragem, batentes, coxins de motor… se for pra competir, ainda tem que ver qual a melhor posição pro tanque de combustável, pro lastro, montar o banco o mais baixo possível no carro... dependendo do circuito e do carro, dá pra usar até uns 7? de cambagem negativa, mas aí pra competir sório, porque vai embora 2 pares de pneus por corrida... qualquer coisa pergunta aí

    [snapback]244971[/snapback]

    eh… o geleia baixou o banco dele num treino.... botou o banco no chao... nao sei como ele conseguia ver a pista.... mas o cara baixou se eu nao me engano 1 seg :cry:

    o zezao que tava comentando comigo isso o outro dia lah no galpao....

    o lance eh saber realmente se vai pra pista... pq se vai realmente essas brincadeirinhas de rua... pfff

    vao pro chinelo....



  • a minha idéia é deixar o golf só para brincadeiras de fds, o que seria arrancadas e brincadeiras em track day, o que seria interessante deixar o mais hard possível

    colocar o santo antonio é algo que eu já pensei e ainda não fiz porque não é hora (eu so tenho o golf).

    to vendo o que eu já posso ir fazendo, quando se diz melhorar a estrutura do carro para que fique melhor para utilizar na estrada (:cry:).

    eu acredito que se em uns 3 anos eu estiver nessa mesma situação que eu estou hoje, eu já comeão a fazer essa preparação mais hard.

    valeu a todos pela ajuda e se mais alguem tiver opiniões e conselhos, podem postar que eu estou anotando tudo.



  • e instalar umas barras de amarração, para reforçar o monobloco

    para uma corrida eventual será que é tão necessário isso da??

    ouvi dizer que o câmbio é bem judiado e que é muito interessante trocar o óleo do câmbio. alguém confirma?



  • para uma corrida eventual será que é tão necessário isso da??

    ouvi dizer que o câmbio é bem judiado e que é muito interessante trocar o óleo do câmbio. alguém confirma?

    [snapback]246104[/snapback]

    o melhor óleo é o de fábrica. pode até trocar, mas mantenha o original.

    mesmo uma corrida eventual causa bastante desgaste no monobloco. quanto mais amarrado , melhor para a estabilidade e durabilidade.



  • outra pergunta seriam sobre os freios… eu vejo essas copas por aí, elas utilizam freios especiais ou se preocupam mais com a ventilação dos mesmos?

    tks



  • outra pergunta seriam sobre os freios… eu vejo essas copas por aí, elas utilizam freios especiais ou se preocupam mais com a ventilação dos mesmos?

    tks

    [snapback]246690[/snapback]

    depende da categoria….

    em geral, as com menos gastos (tipo turismo 1600, etc.) não é permitido justamente para conter os custos...nesse caso tem q ver se pode colocar pastilhas ultramacias, fluido de freio com alguma especificação diferente, etc...

    e nesses casos de não poder por força de regulamento nego tem q dar um jeito pra os freios terem melhor refrigeração...

    o lance é jogar com o regulamento na mão e ver o q pode e o q não pode mexer...



  • depende da categoria….

    em geral, as com menos gastos (tipo turismo 1600, etc.) não é permitido justamente para conter os custos...nesse caso tem q ver se pode colocar pastilhas ultramacias, fluido de freio, etc...

    e nesses casos de não poder por força de regulamento nego tem q dar um jeito pra os freios terem melhor refrigeração...

    o lance é jogar com o regulamento na mão e ver o q pode e o q não pode mexer...

    [snapback]246723[/snapback]

    ? nessas categorias de menor custo que me interessam, porque seria freios perto dos originais mas que aguentam uma bateria.

    mas pastilhas mais macias não faz o flu?do sofrer muito mais com a alta temperatura?



  • na turismo aqui em brasília o pessoal usa muito as pastilhas cobreq originais, e o resultado é bom. não pode esquecer de um fluido de freio bom e de mangueiras de refrigeração generosas…