Jaguar f-pace é testado até o limite



  • ![](http://carxpressmag.com/wp-content/uploads/jag_fpace_cold_test_image_290715_05_113890_.jpg "jag_fpace_cold_test_image_290715_05_(113890)_") fotos: divulgação desde o calor escaldante e empoeirado do deserto de dubai até as temperaturas congelantes do norte da suécia, o jaguar f-pace, novo crossover da marca britânica, foi testado no lugares mais inóspitos e desafiadores do planeta. o veículo é o primeiro do gênero produzido em toda a história da jaguar e foi projetado para oferecer uma combinação inigualável de desempenho, design e praticidade. para garantir que todos os seus sistemas e tecnologias funcionem mesmo sob as condições mais extremas, o f-pace foi submetido a um dos mais exigentes programas de testes já implementados pela jaguar land rover. para o diretor de programação de veículos da jaguar land rover, andrew whyman, “nós desenvolvemos o f-pace para oferecer a seus proprietários uma excepcional dirigibilidade e um altíssimo nível de requinte, como se espera de um legítimo jaguar. agora, tais níveis são entregues em um veículo capaz de trafegar com desenvoltura em diversas condições de terreno”. ![](http://carxpressmag.com/wp-content/uploads/jag_fpace_hot_test_image_290715_03_113893_.jpg "jag_fpace_hot_test_image_290715_03_(113893)_") no centro de testes da jaguar land rover localizado em arjeplog, cidade ao norte da suécia, as temperaturas médias durante o inverno raramente ficam acima dos -15°c, podendo atingir picos de 40°c negativos. o local abriga uma pista de 60km construída com diversos obstáculos como subidas de montanha, inclinações, retas para testes em alta velocidade e situações off-road. os obstáculos são ideais para se chegar ao ajuste perfeito de sistemas como tração nas quatro rodas, controle dinâmico de estabilidade e do revolucionário programa all surface progress control. o trabalho realizado em arjeplog visa garantir que o f-pace ofereça uma experiência ao volante tão ágil e dinâmica como qualquer outro jaguar, seja no asfalto, na neve ou no gelo. já no deserto de dubai, as temperaturas podem facilmente ultrapassar os 50°c na sombra. com a luz solar atingindo diretamente o veículo, as temperaturas da cabine podem chegar perto dos 70°c em situações extremas. mesmo nessas condições, todos os sistemas de entretenimento, as telas sensíveis ao toque e os controles de temperatura funcionarão perfeitamente, em condições de calor e humidade. em dubai, o ciclo de testes com o jaguar f-pace tem o objetivo de aprimorar os sistemas de refrigeração do veículo sob carga muito alta, por meio de uma combinação de alta temperatura ambiente e baixo fluxo de ar. o f-pace também foi testado em estradas montanhosas e de cascalho. essa é a primeira vez que um veículo da jaguar é submetido à essas condições extremamente desafiadoras. é exatamente essa atenção ao detalhe que fará do crossover da jaguar uma referência dentro de seu segmento. **fonte:** jaguar land rover

Entre para responder