Daimler e aliança renault-nissan iniciam joint-venture no méxico



  • ![](http://carxpressmag.com/wp-content/uploads/image003.jpg "image003") foto: divulgação cinco anos após o início de sua bem-sucedida estratégia de cooperação, daimler e aliança renault-nissan expandiram significativamente sua colaboração com o início de sua joint-venture para produção no complexo industrial de aguascalientes, no méxico. a nova unidade de negócios, chamada compas (cooperation manufacturing plant aguascalientes, em inglês, ou planta aguascalientes para cooperação de manufatura, em português) é 50% da daimler e 50% da nissan. os parceiros vão investir us$ 1 milhão na unidade compas, e vão supervisionar a construção e operação de uma planta para manufatura da próxima geração dos veículos compactos premium das marcas mercedes-benz e infiniti. a fábrica será localizada próximo a aguascalientes a2, planta da nissan, no méxico. terá capacidade de produção inicial anual de 230 mil veículos e irá criar 3.600 empregos diretos até 2020\. dependendo do desenvolvimento do mercado e demanda dos consumidores, há o potencial de adicionar-se capacidade. a produção de veículos da infiniti começará em 2017 e os primeiros carros da mercedes-benz sairão da linha em 2018. a compas é liderada por um time internacional de executivos da daimler e da nissan: ryoji kurosawa será o ceo; uwe jarosch o cfo e glaucio leite o cqo. o time de diretores da compas conta com três executivos de cada companhia. pela daimler, são: michael göbel, chefe de produção de carros compactos da mercedes-benz; axel harries, chefe de gerenciamento de qualidade da mercedes-benz e christian schulz, chefe de controladoria da mercedes-benz. os executivos da nissan são armando ávila, vice-presidente de manufatura da nissan méxico; carlos servin, vice-presidente de finanças da nissan nos eua e takehiro terai, vice-presidente de satisfação totaldo consumidor da nissan nos eua. “a compas é um excelente exemplo do alcance global da cooperação entre a aliança renault-nissan e a daimler. juntos, estão combinando expertise de manufatura da nissan e da daimler em uma planta de operações no méxico para a produção de veículos compactos premium de última geração.”, afirmou o ceo da compas, kurosawa. “aguascalientes foi escolhida por sua excelente cadeia de fornecedores e processos de produção altamente eficientes da nissan no méxico por mais de 30 anos”, concluiu. kurosawa tem mais de 30 anos de experiência em produção de automóveis tanto na nissan, quanto na infiniti. em seu último cargo como gerente geral da planta de tochigi, no japão, esteve em cargo da produção e da qualidade dos modelos da infiniti, incluindo o icônico sedã q50. **fonte:** atendimento à imprensa – nissan do brasil

Entre para responder