Jaguar xk140 “ a fina arte sobre rodas



  • ![](http://carxpressmag.com/wp-content/uploads/00026.jpg "000") fotos: divulgação e renato pereira que saudades dessa época! não, eu não era nascido ainda, mas como desde praticamente minha primeira dentição me interesso por carros e qualquer coisa que se mova por meio de um motor, é lógico que passei a vida admirando o que de mais belo o mundo da engenharia criou para enfeitiçar a humanidade. então, é normal sentir saudade de uma época em que não se viveu, mas que sabemos que primava pela qualidade, potência e identidade, onde era preponderante que suas marcas e carros fossem reconhecidos à distância, e não essa mesmice atual onde um único estúdio apenas trocas as plaquetas de identificação de cada montadora em um mesmo modelo. o carro que inspirou essa matéria é uma obra tão fina de pura arte que chega a ser quase uma ofensa aos modelos atuais da própria montadora. a matéria foi originada após o dilúvio de mensagens a respeito do alemão bmw 507 roadster (http://www.carpointnews.com.br/?p=48210), um ícone nati-morto dos anos 1956, assim como esse britânico espetacular que é o jaguar xk140\. vale, de início, lembrar que no texto está explicado que a montadora bávara desenvolveu seu modelo para o mercado norte-americano, sem nenhuma intenção de disputar o mercado europeu. mas, como esse jaguar é algo de outro planeta, eis aqui uma matéria contando sua vida! ![](http://carxpressmag.com/wp-content/uploads/00122.jpg "001") fundada por william lyons e william walmsley em blackpool e posteriormente se instalando em coventry, inglaterra, em 11 de setembro de 1922, a montadora conhecida como jaguar cars iniciou suas atividades como ss company (swallow sidecar) ao produzir sidecars para motocicletas e, posteriormente, carrocerias para automóveis, quando passou a ser chamada ss cars ltd até 1945 quando, terminada a 2ª guerra mundial, foi re-batizada muito apropriadamente como jaguar cars ltd (o nome veio do modelo ss jaguar 2,5 litros lançado em 1935) para banir a memória desfavorável que a sigla ss (schutzstaffel, a odiosa, assassina e peçonhenta polícia criada pelo não menos odioso, assassino e peçonhento heinrich luitpold himmler, ministro do interior do nazismo de adolf hitler) causava nos seres humanos normais. hoje, a empresa conhecida como jaguar land rover é uma multinacional de propriedade integral da indiana tata motors limited desde 2008 e produz seus modelos tata, daewoo, jaguar, land rover e range rover nas plantas de birmingham e liverpool na inglaterra e bombaim na índia, após ter trocado de mãos por diversas vezes. até os dias de hoje, todos os modelos jaguar concorrem principalmente com os alemães audi, bmw, mercedes-benz e porsche. agora que acabou a parte chata e sabemos de quem se trata, vamos ao carro! ![](http://carxpressmag.com/wp-content/uploads/00222.jpg "002") o jaguar xk140 foi um carro esportivo fabricado pela jaguar entre 1954 e 1957, sucedendo o xk120, seu primeiro carro a ser produzido após a segunda guerra, produzido entre 1948 a 1954\. o carro foi anunciado em 1954 e chegou ao mercado em 1955, trazendo upgrades como maior espaço interior, movendo a parede corta-fogo e o motor 76mm para a frente, melhorias nos sistemas de freios, direção com pinhão e cremalheira, melhoria nas suspensões, amortecedores telescópicos, além de alterações no design, da instalação de luzes direcionais acima dos párachoques dianteiros e da nova grade do radiador, mais ampla e com menos barras verticais. seu design é de uma leveza, harmonia e beleza poucas vezes vistas em um automóvel. ao contrário do que acontece na maioria das vezes até hoje, seu projetista não se esqueceu da traseira do carro, combinando-a magnificamente com todas as formas do carro. uma peculiaridade pouco comum foi a disposição das baterias: oferecido em tres versões de carroceria – coupé capota rígida fixa, capota rígida removível e conversível 2 – duas baterias de 6 volts foram instaladas, uma de cada lado, no coupé, enquanto uma única bateria de 12 voltas foi montada no lado do passageiro nas duas outras versões. ![](http://carxpressmag.com/wp-content/uploads/00322.jpg "003") o motor do jaguar xk140 era uma evolução do seis cilindros em linha, 3,4 litros, 12 válvulas dohc, que movia a versão anterior, com dois novos carburadores su h6 e sua potência elevada para 190 cv de potência máxima a 5.500 rpm, podendo receber uma preparação especial no cabeçote, dois carburadores su h8 e atingir 210 cv de potência a 5.750 rpm na versão se, acoplados a uma transmissão manual de 4 velocidades e, em 1956, oferecia uma transmissão automática de 3 velocidades como opcional, sendo o primeiro modelo da jaguar a oferecer esta opção. as belas rodas duplamente raiadas eram de série, e as rodas sólidas como opcionais, calçadas em pneus crossply 16x5k ou pirelli cinturato ca67 185vr16 e freios a tambor lockheed. ![](http://carxpressmag.com/wp-content/uploads/00422.jpg "004") o jaguar xk140 atingia a velocidade máxima de 193 e 201 km/h, dependendo da versão do motor, acelerando de 0 a 100 km/h em 8,4 e 9,1 segundos respectivamente, e em sua versão mais potente atingia os 160 km/h em 26,5 segundos, percorrendo os primeiros 400 metros em 16,6 segundos a uma velocidade de 132 km/h. nada mal para os anos de 1955! como já mencionado, o jaguar xk140 era oferecido em três opções de carroceria, o roadster ots (open two seater), com uma pequena capota de lona embutida atrás dos assentos, pára-brisa removível, interior com acabamento em couro e madeira, cortinas laterais de plástico, portas tipo barchetta com abertura em 90°, o dhc (drophead coupé) com uma capota de lona maior , pára-brisas fixo, janelas laterais de vidro e um pequeno assento traseiro e o fhc (fixed head coupé), com interior igual ao do dhc, com o teto mais longo e as portas estendidas. sua produção foi encerrada em 1961, dando lugar ao seu sucessor, o xk150, que foi sucedido pelo e-type, mas essas já são outras histórias! ![](http://carxpressmag.com/wp-content/uploads/00522.jpg "005") **ficha técnica:** construtor: jaguar cars ltd modelo: jaguar xk140 projetista: william walmsley local: coventry, inglaterra produção: 1954 a 1957 classe: grand turismo roadster estrutura: 2 portas, coupé/conversível lay-out: fr – motor dianteiro / tração traseira motor: jaguar xk 6 cilindros em linha, dohc, 3.442cc, 190/210 cv câmbio: manual de 4 velocidades, automático de 3 velocidades comprimento: 4.470 mm largura: 1.640 mm altura: 1.334 mm peso: 1.346 kg

Entre para responder